Sexta, 19 de Julho de 2024 02:54
Cidades PROTEÇÃO DE NASCENTE

Governo de RO executa projeto para preservação dos recursos hídricos em Espigão do Oeste

A ação se dá a partir da melhoria das áreas degradadas, visando a preservação dos recursos hídricos

11/07/2024 09h34
Por: Redação Fonte: SECON
Arquivo/Sedam
Arquivo/Sedam

Com o objetivo de atender municípios afetados pela falta de água e revitalizar pontos cruciais para o equilíbrio ambiental. O Governo de Rondônia segue executando o Projeto Recuperar no município de Espigão do Oeste, onde a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) trabalha na recuperação da microbacia do Rio Palmeiras. A ação se dá a partir da melhoria das áreas degradadas, visando a preservação dos recursos hídricos.

O projeto, que é desenvolvido pela Coordenadoria de Floresta Plantada (CFP) e pela Coordenadoria de Recursos Hídricos (Coreh), tem como objetivo promover a recuperação ambiental e a proteção das nascentes e cursos hídricos nas áreas rurais degradadas por atividades como derrubadas de florestas, que culminam na alteração da paisagem, comprometendo a quantidade e a qualidade de água disponível. A atuação principal ocorre no diagnóstico de bacias e microbacias hidrográficas para sua posterior recuperação e implantação de viveiros de essências florestais nativas e exóticas, entre outras estratégias que contribuem para a conservação do meio ambiente.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, esse é um projeto com aplicação de recursos estaduais e municipais, que incentiva medidas voltadas à proteção do meio ambiente, em conformidade com as necessidades dos moradores. “A execução do projeto trará benefícios diretos para a população do município, que tem sofrido com a escassez hídrica, e representa um passo importante para garantir o abastecimento de água para as residências, a indústria e o comércio”, ressaltou.

Equipe trabalha na recuperação da microbacia do Rio Palmeiras, em Espigão do Oeste

Segundo o coordenador da CFP, Ari Valdir Lebkuchen Júnior, em Espigão do Oeste serão recuperadas 204 nascentes da microbacia do Rio Palmeiras. “Para esse trabalho, o material de isolamento de nascentes já foi licitado, contratado e entregue, possibilitando o início das recuperações, inicialmente com a construção das curvas de nível e a implantação da barraginha nas propriedades, com apoio do município e do Ministério Público. Em 15 dias de trabalho, foram recuperadas sete nascentes, atendendo quatro propriedades”, afirmou.

O objetivo é promover a recuperação ambiental 

De acordo com o secretário da Sedam, Marco Antonio Lagos, o projeto visa a adesão às ações de recuperação e conservação das microbacias dos rios, que estão sendo prejudicados pelo fenômeno El Niño e pelas mudanças climáticas. “Foi realizada a aquisição de máquinas, compra de pedra rachão e materiais necessários para o isolamento de nascentes. Além disso, foi disponibilizado um veículo para acompanhamento de perto de todo o desenvolvimento do projeto, que tem como meta amenizar os problemas hídricos enfrentados no município”, explicou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias