Sábado, 20 de Julho de 2024 17:51
Agronegócio Paraná

Novo aplicativo contribui para proteção de abelhas na região de Campo Mourão

A região de Campo Mourão conta com uma nova ferramenta para auxiliar na proteção do meio ambiente. Trata-se do App Pólen, desenvolvido em uma parce...

14/10/2022 13h25 Atualizada há 2 anos
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: Gilson Abreu/AEN
Foto: Gilson Abreu/AEN

A região de Campo Mourão conta com uma nova ferramenta para auxiliar na proteção do meio ambiente. Trata-se do App Pólen, desenvolvido em uma parceria técnico-científica com a Universidade Estadual de Maringá (UEM) para a proteção de abelhas e prevenção da mortandade desses insetos, que são fundamentais para o equilíbrio do meio ambiente.

O sistema foi lançado em Paraíso do Norte, no Noroeste do Estado, cidade paranaense onde o Ministério Público do Paraná (MPPR) iniciou a ação de fiscalização, após o registro da morte em massa de colmeias e apiários, em agosto de 2021.

Agora, o produtor que verificar a morte de abelhas, em qualquer localidade da região de Campo Mourão, conta com está ferramenta, que permite comunicação direta com os órgãos fiscalizadores.

A iniciativa de criar o aplicativo foi do MPPR. Ele foi desenvolvido pelo mestre em Química Lucas Dolis Guerra Villalobos, graduado pela UEM, que cedeu o sistema para uso do MP.

De acordo com o do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema) de Campo Mourão, órgão do MPPR, a proposta é instrumentalizar os órgãos fiscalizadores do Estado, especialmente a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), para que, a partir de notícias de mortandade de abelhas, as autoridades possam agir de imediato, indo aos locais em que houve os registros.

O objetivo é combater o problema, verificar situações de morte de colmeias e autuar quem tenha causado o problema. O usuário da ferramenta poderá comunicar onde ocorreu o fato, inclusive mandando imagens.

FISCALIZAÇÃO– Além do aplicativo, o Gaema vai criar um protocolo de fiscalização específico para autuações e responsabilização de infratores, buscando coibir não apenas a morte das abelhas, mas a utilização inapropriada de agrotóxicos.

As abelhas são insetos fundamentais na manutenção do equilíbrio da biodiversidade e, por consequência, da preservação da vida no planeta. Pesquisas científicas atestam que a mortandade de colmeias e apiários inteiros está diretamente relacionada ao uso indevido de alguns agrotóxicos nas lavouras. Um dos principais produtos que prejudicam esses insetos é o Fipronil, utilizado em plantações de cana-de-açúcar e soja, entre outras culturas.

O sistema é gratuito e pode ser utilizado no computador ou no celular. Basta acessar o link  http://click.mppr.mp.br/apppolen .

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias