Retenção de líquido: como acabar com o inchaço no corpo?

Conheça os melhores tratamentos e dicas para acabar com o problema sem sair de casa

Basta as temperaturas aumentarem e o verão se aproximar que aparecem com mais frequência os sinais de inchaço nas mulheres. Nessa época do ano, as reclamações acerca da retenção de líquido aumentam e o público feminino sofre, principalmente, com os efeitos na região das pernas, pés, barriga, dentre outros.

Camila Katsuragi, fisioterapeuta dermatofuncional, explica que a retenção de líquido ocorre por diversos fatores, incluindo as altas temperaturas. “É mais comum observar o fenômeno por causa do calor. Porém, a retenção de líquido também pode ocorrer devido aos alimentos industrializados, falta de hidratação, excesso de bebida alcoólica ou refrigerantes, consumo exagerado de sal, sedentarismo, alterações hormonais, e outros”, cita.

Por que o inchaço pode aparecer mais no verão?

A fisioterapeuta indica que a retenção de líquido acontece devido a dificuldade que o organismo possui para absorver água e para manter o sistema circulatório funcionando da forma adequada – algo que ocorre devido aos fatores citados anteriormente e que são intensificados em épocas de calor.

Exatamente por isso, Camila destaca que a principal forma de tratar o problema é obter hábitos diários saudáveis, como uma dieta balanceada, muita hidratação e atividade física. “Na realidade, quanto mais líquido você ingere, melhor é para o seu organismo eliminá-lo depois, pois ele precisa absorver essa água de forma saudável. Porém, lembre-se: a hidratação deve ser feita de forma saudável, com água, sucos naturais e chás. Nada de sucos industrializados, refrigerantes e outros do gênero. Nesse caso, o efeito será o contrário. Além disso, mantenha uma alimentação com bastante nutrientes e vitaminas. E faça exercícios para manter o corpo em movimento e ajudar o sistema circulatório”, orienta.

Autodrenagem: solução sem sair de casa

Se os hábitos alimentares e exercícios já ajudam de forma significativa a reduzir a retenção de líquido, outro tratamento poderoso também pode ser feito sem sair de casa: a autodrenagem. Camila comenta que algumas mulheres possuem mais dificuldade para eliminar o inchaço devido aos sintomas menstruais e outras alterações hormonais. Nesse caso, é necessário maior atenção. “Por isso, a autodrenagem se torna uma ótima aliada. Quatro minutos – de manhã e à noite – é tudo que você precisa para realizar o procedimento em casa”, afirma.

Confira o passo a passo para fazer a autodrenagem:

  1. Com a palma da mão aberta, faça movimentos circulares exercendo uma leve pressão sobre a pele no sentido horário em toda a barriga. Tente contar ao menos dez voltas completas de manobras em movimentos lentos.
  2. Se concentre em volta do umbigo, dando leves “bombadinhas” de pressão, como se estivesse desobstruindo a passagem de líquidos em direção à pelve e ao sistema excretor urinário. Repita por, pelo menos, 10 respirações longas.
  3. Com as mãos fechadas, encaixe os punhos nas laterais do tronco (altura da cintura) e deslize transversalmente até a pelve. Deslize as mãos exercendo uma leve pressão, devagar e realize todas as repetições.
  4. Ainda com os punhos cerrados, leve as mãos à altura do estômago e deslize até a pelve. Fazendo todas as repetições, de modo contínuo e devagar.
  5. Repita o passo 2 (nas laterais do tronco, deslizando da cintura até a pelve), agora com as mãos abertas e bem espalmadas. Faça todas as repetições.
  6. Repita o passo 3 (da altura do estômago até a pelve), agora com as mãos bem espalmadas.

Se puder, finalize com o primeiro passo novamente. E aproveite para respirar profundamente antes de levantar.

Fonte: Camila Katsuragi, Fisioterapeuta há 17 anos, pela Univap, em SP. Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional pela Universidade Gama Filho. Pós-graduada em Fisiologia do Exercício. Pós-graduanda no Instituto Lair Ribeiro, em Adequação Nutricional e Manutenção da Homeostase.