Vilhena

Medalhistas do vôlei são recebidos com festa em Vilhena

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Os atletas das equipes masculina e feminina da Escola Maria Arlete Toledo, medalhista dos Jogos Escolares da Juventude João Pessoa 2016, chegaram a Vilhena no meio da tarde desta segunda-feira, 21, e foram recebidos com festa na rodoviária da cidade.

Parentes, amigos e imprensa aguardavam a chegada das equipes que trouxeram na bagagem mais que o bronze da 3ª Divisão feminino, e do ouro da 2ª Divisão masculina, trouxeram o acesso a elite do voleibol escolar masculino.

Na decisão do ouro, já com a vaga para a 1ª Divisão assegurada, a equipe da Escola Maria Arlete enfrentou os representantes da Escola Rui Barbosa, do Maranhão, e venceu de virada por 3 sets a 2. O treinador vilhenense France Lima disse, já em Vilhena, que a equipe Maranhense iniciou com força a partida o que fez a equipe de Vilhena sentir o volume de jogo do adversário que venceu com certa facilidade fechando o set em 25×16. “Não conseguimos jogar no primeiro set”, disse o treinador antes de continuar: “Já no segundo fizemos mudanças e a equipe melhorou, mas ainda erramos muito”, avaliou.

O time de Vilhena perdeu também o segundo set, 25×17. Mas, apesar da derrota France Lima notou melhora na equipe. “Terminamos o set bem, mas precisávamos melhorar e no para o terceiro set fizemos novas mudanças na formação e aí o time emplacou, o passe começou a acontecer e a bola começou a chegar para o Rodrigo e o Vitor que começaram a virar todas as bolas e vencermos o terceiro set”, lembrou o treinador.

O 25 a 22 no terceiro set renovou o ânimo da equipe do Maria Arlete. “A partir das mudanças pegamos o tempo de bloqueio da equipe adversária e melhoramos nosso saque. E isso foi fundamental”, contou o treinador.

Com a vitória no quarto set por 25 a 19, o time vilhenense levou a partida para o set desempate que venceu por 15 a 11 conquistando o ouro. “Por nossa semifinal ter sido conquistada em 5 sets, acredito que isso preparou nossa equipe e fez com que nossos atletas não desistissem do jogo na decisão quando tudo já parecia perdido”, analisou France que destacou os Atletas Rodrigo Campanha, Tayson Martins e Sérgio Rocha como fundamentais ao longo da competição; e frisou a importância de Vitor e Daniel na final, “entrando no jogo na hora certa”.

O treinador que faz história no voleibol rondoniense, se disse agraciada por poder dedicar-se ao trabalho que tanto ama que é a atuação no voleibol. “Essas conquistas são frutos das oportunidades que recebi na AVV e da dedicação que tenho em fazer sempre o melhor possível”, disse France que disse ainda: “Acho que o fato de não nos contentarmos apenas com o título estadual e sempre sair do nosso estado com uma meta a ser alcançada, motiva os nossos alunos a trabalharem de forma árdua para alcançarem esses grandes resultados. Fico muito feliz por sair da 3ª Divisão com essa equipe em 2014, levá-los ao bronze em 2015 e agora ao ouro e a vaga na Elite do Vôlei brasileiro escolar”, pontuou.

O treinador falou também sobre a emoção de desembarcar com a medalha no peito e ser recebido com festa pelos familiares e amigos. “Depois de 14 dias fora ser recebido pelos familiares e amigos que estavam nos dando força durante esse momento de disputa é muito gratificante. Além da importância de poder abraçar os amigos e companheiros da AVV, o Silvan, a Rita, o Tenisson, o Tarisson, e o Gilson, que são aqueles que dão todo o suporte para que possamos desempenhar um bom trabalho durante esses anos, é a melhor festa, junto com a família do esporte”, declarou France.

O treinador disse ainda que “diante tanta manchete negativa que ouvimos durante as últimas semanas de Vilhena, de tantas coisas ruins que repercutiram em todo o país, essas conquistas vêem mostrar que ao menos no vôlei desempenhamos um bom trabalho e representamos bem nossa cidade”, disse.

O treinador ainda comemora as conquistas do ouro e do acesso e já pensa em 2017. “Temos que despertar e já planejarmos o nosso trabalho para que no ano que vem possamos, não só permanecer na Elite, mas brigar de igual com as principais equipes do Vôlei escolar brasileiro”, frisou.

France revelou ainda que as atletas Ana Cláudia, Thais Arcanjo, Adrielle Cabral e Alinne Nair, não retornaram à Vilhena ainda. “Elas desembarcaram em Porto Velho de onde embarcam no dia 23 para Saquarema (RJ), junto com a Seleção de Rondônia para a disputa do Campeonato Brasileiro de Seleções Juvenil Feminino”, expôs.

As comemorações pelas conquista continuam amanhã na Escola Maria Arlete Toledo.

Autor:  Folha do Sul

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com