Porto Velho

Semed promove encontro para discutir o papel dos conselhos escolares

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Seguir com o processo de reflexões sobre o papel do Conselho escolar em Porto Velho e debater sua função política, social e pedagógica será o objetivo do Encontro Municipal de Fortalecimento do Conselho Escolar, que ocorre no próximo dia 9 de novembro, no teatro municipal Banzeiros, das 8h às 18h. O evento será promovido pela secretaria municipal de Educação (Semed), e busca ampliar a participação dos conselheiros na gestão administrativa, financeira e pedagógica das escolas, para que estas possam exercitar a prática democrática  de maneira compartilhada e responsável.

A prefeitura de Porto Velho foi a pioneira em Rondônia na implantação da gestão democrática, quando instituiu os conselhos escolares nas escolas da rede pública municipal através de lei publicada em 1993. Os conselhos são formados hoje por representantes da direção de cada escola, e demais membros dos segmentos da comunidade escolar. “Os conselhos têm entre suas funções o estudo, planejamento, controle e avaliação das principais ações do dia-a-dia na escola, tanto no campo pedagógico, como administrativo e financeiro”, explicou a pedagoga Olga Benária, do departamento de Educação da Semed.

No Banzeiros, o encontro vai contar com a participação de cerca de 230 pessoas, entre conselheiros de escolas e técnicos da Semed. Todas as escolas municipais com mais de 50 alunos já constituíram seus conselhos.  Outras escolas, com número menor de estudantes matriculados, constituíram seus conselhos através de Consórcio.

Segundo Olga, o conselho escolar é uma instância decisiva e indispensável para o processo de construção de uma educação de qualidade, comprometido com a superação das desigualdades sociais e comprometido com a emancipação das pessoas e com a democratização da sociedade. “Representa um lugar de participação e decisão, um espaço de discussão, negociação e encaminhamento das demandas educacionais, possibilitando a participação social e, promovendo gestão democrática”, explicou.

Por Róbinson Gambôa

Fotos : Medeiros

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com