Ouro Preto do Oeste

Seminário sobre produção de leite a base de pastagem

segunda-feira, 13 de junho de 2016


O encontro será realizado, nesta sexta, no Auditório da Secretária Executiva Regional de Governo, localizada na Rua Getúlio Vargas, bairro Liberdade, antigo prédio da Ciretran com inicio às 8h30

O município de Ouro Preto do Oeste recebe nesta sexta-feira (10), produtores de leite de toda região. Os agricultores participarão de um Seminário sobre a produção de leite por meio do sistema de pastagens. O encontro será realizado no Auditório da Secretária Executiva Regional de Governo, localizada na Rua Getúlio Vargas, bairro Liberdade, antigo prédio da Ciretran com inicio às 8h30.

O evento é uma realização do Governo do Estado por meio da Emater/RO e Sebrae/RO com o apoio da Embrapa, Idaron e Senar oobjetivo é difundir a produção de leite a base de pasto, com a adoção do sistema silvipastoril.

A programação inicia às 8h30 – Coffe Break em seguida as palestras com: Paulo Moreira (Embrapa) que vai abordar “Panorama do leite do Brasil e em Rondônia”, José Renato Alves (Emater/RO), “Produção e Manejo das Principais Espécies de Plantas Utilizada na Bovinocultura Leiteira de Rondônia” e Anderson Khul (Emater/RO), “Produção de Volumosos para Bovinocultura Leiteira”. Haverá ainda a exibição de vídeos sobre o tema e ao final do evento as discussões serão a pauta para a construção de um caminho a ser seguido a partir das propostas levadas a cabo.

Reflexão sobre o tema

A cadeia de leite no Brasil vem sofrendo profundas transformações desde o final do século passado. A produção de leite cresceu 3,6% ao ano enquanto os preços decresceram R$0,033/litro/ano no período equivalente, equação esta que produziu uma forte redução no número de produtores na atividade através da pressão dos laticínios por maior escala e qualidade.

Fonte: Alexandre Araujo

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual a sua opinião sobre o porte de armas de fogo?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com