Ouro Preto do Oeste

Funasa de Ouro Preto identifica casos de malaria na invasão da fazenda Triângulo

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

A Funasa de Ouro Preto do Oeste identificou quatro pessoas com malária vivax em uma ocupação de uma área de terras da Fazenda Triângulo, localizada na linha 203, a 70 quilômetros da sede do município.
Técnicos da Funasa fizeram um trabalho no local, as pessoas acometidas de malária foram identificadas através de exames, receberam medicamento adequado, e também foi realizado um ciclo de fumacê na área do acampamento.
A região de Ouro Preto do Oeste não apresenta incidência de malária, a doença está erradicada há muitos anos, e os casos registrados segundo os técnicos da Funasa são importados. No acampamento formado na Fazenda Triangulo existem pessoas acampadas oriundas de Colniza (MT), de Cujubim e outras regiões de Rondônia onde ainda há casos de malaria.
Carlos Amante, coordenador da Funasa em Ouro Preto do Oeste, disse que os casos de malarias foram identificados na Funasa de Vale do Paraíso, e como existem muitas crianças na área do acampamento houve uma ação imediata para conter o avanço da doença. “Fomos à área onde houve os registros e identificamos as pessoas. Fizemos coleta de sangue de algumas pessoas verificamos o local e efetuamos um ciclo de fumacê na área do acampamento, e vamos realizar outra aplicação esta semana”, informou.
O objetivo do fumacê é para evitar novos contágios da doença, tendo em vista que há um grande número de pessoas acampadas na fazenda que transitam nas cidades da região de Ouro Preto.

Fonte: RONDONIAGORA

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com