Ariquemes

Ariquemes é representada em Congresso Municipal de Saúde

terça-feira, 19 de abril de 2016

 O resultado de várias ações realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsau) durante o ano de 2015 fez com que o departamento de Atenção Básica participasse do IV Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde, através do destaque nacional de projeto apresentado no espaço virtual Comunidade de Práticas, Desafio local de implantação do e-SUS Atenção Básica.

Os projetos serão apresentados no evento, nos dias 18, 19 e 20 deste mês e serão avaliados pela comissão científica após apresentação do respectivos banners.

Conforme o representante do Ministério da Saúde, Ubirajara Sampaio Mota, durante o período de sua atuação como apoiador para Articulação de Redes de Atenção à Saúde, pelo Ministério da Saúde, em Rondônia,”Ariquemes é um exemplo muito bom por ser um município da região Amazônica, extensão territorial significativa e população elevada para a Amazônia Legal”, expôs.

A Secretaria Municipal de Saúde através do Programa e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) do Ministério da Saúde, conseguiu atingir 100% de implantação do sistema eletrônico da atenção básica em todas as unidades de saúde do Município, registrado como sendo o único do Estado a utilizar 100% do Prontuário Eletrônico Cidadão-PEC. ” Para o êxito da empreitada foram decisivos o apoio da gestão municipal, o comando do Departamento de Atenção Básica municipal e a presença de pessoas com sólida formação em Tecnologia da Informação”, ressaltou Ubirajara Mota.

O sistema foi implantado em novembro de 2014, e concluiu-se no mês de setembro de 2015, abrangendo todas as unidades básicas de saúde e 15 equipes de estratégia da saúde da família, a partir da aquisição de 35 computadores e em seguida outra aquisição de 75, para que as unidades pudessem ter acesso ao programa. ” Com a integração graduada dos sistemas as UBS terão a possibilidade de acessar as informações de pacientes, troca de informações, e o encaminhamento só será realizado através do acesso após se passar pela etapa da tele consultoria, então isso irá obrigar o profissional a esgotar as possibilidades de resolutividade no local, para evitar encaminhamentos desnecessários”, expôs Thiago Rodrigues, coordenador do Centro de Processamento de Dados da Secretaria Municipal de Saúde.

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com