Mais de 3 milhões de CDs e DVDs piratas são destruídos em Porto Velho

Entre 03 milhões a 04 milhões de CDs e DVDs piratas foram inutilizados pela prefeitura
de Porto Velho nesta segunda feira, 12. O volume do material apreendido é o resultado das
ações conjuntas realizadas em 2010/2011, pela Coordenadoria Municipal de Fiscalização e
Postura, da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) e pela Delegacia de Jogos e
Diversão, da Polícia Civil.

A coordenadora de Postura do município, Selimar Ferreira, lembrou que apenas em
uma dessas ações, a “Operação Triton”, deflagrada em junho do ano passado, os agentes
trabalharam das 4h da madrugada até às 10h. Na operação também foram apreendidos jogos para computador pirateados. “Essa operação chegou a várias regiões da cidade. A polícia já havia feito o mapeamento dos locais onde estavam sendo fabricados os cedês piratas, o que facilitou o trabalho e possibilitou a apreensão de um grande volume de material. Inclusive cedês e devedês virgens e capas também”, adiantou a coordenadora.

De acordo com Selimar Ferreira, a Coordenadoria de Postura e a Delegacia de Jogos e
Diversões tem um calendário de atuação. As ações são colocadas em práticas sempre em dias e locais não divulgadas para não chamar a atenção dos infratores que cometem esse tipo de crime, que pode resultar em até quatro anos de reclusão.

E a fiscalização continuará intensa, visando proteger e valorizar os comerciantes, que têm sua situação regular e pagam seus impostos em dia e fazem parte das ações desenvolvidas pela prefeitura para combater o comércio ilegal no município.

Segundo dados do Conselho Nacional Contra Pirata, as apreensões de CDs e DVDs piratas cresceram 130% de janeiro a maio deste ano em comparação com o mesmo período de 2004. As perdas da indústria chegam à casa dos 18 milhões de dólares anuais por conta da pirataria. O material que foi inutilizado nesta segunda feira, 13, mas se ainda estivesse em
comercialização renderia à indústria da pirataria entre R$ 10 milhões a R$ 12 milhões.

Por Joel Elias
Fotos: Medeiros

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here