Eventos

Feira de negócios reúne cerca de 200 marcas de calçados em Ji-Paraná, RO

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Mais de 70 estantes com diversos tipos de calçados e 200 marcas diferentes devem ficar expostos em Ji-Paraná (RO), na Feira Industrial de Calçados e Acessórios, a CalceNorte, até a próxima quinta-feira (23). O evento teve início na terça-feira (21), atende lojistas de Rondônia e estados vizinhos. Segundo a organização, na primeira edição em 2014, mais de R$ 10 milhões foram movimentados.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL), José Aparecido Gonçalves, feira veio para facilitar as compras dos lojistas que podem evitar se deslocar até os grandes centros para realizar as compra. “Ele concentra as compras dele em três dias, faz a programação das novidades para receber até o final do ano. Além de diminuir os custos tanto para quem compra como para o representante”, explica.

Em 2014, evento movimentou cerca de R$ 10 mi (Foto: Pâmela Fernandes/G1)Em 2014, evento movimentou cerca de R$ 10 mi
(Foto: Pâmela Fernandes/G1)

A comerciante Sonia Lúcia da Silva veio da cidade Epitaciolândia, no Acre, para conferir as novidades no ramo. Segundo ela, sempre vai a São Paulo para realizar as compras dos calçados para a loja para optou vir a Rondônia. “É muito cansativo um dia inteiro de viagem, mas foi bom. Eu vi que tem bastante novidade por aqui”, diz.

O expositor de tênis e coturnos Júnior Amorin afirma que a grande vantagem da feira não são as vendas realizadas no local, mas sim a programação e negócios que já saem fechados a curto e longo prazo.

Para Amorin, o evento se tornou essencial para os representantes. “Ela ajuda a gente a fazer uma programação de final de ano com os clientes. Beneficia a longo prazo. No ramo calçadista hoje a gente não consegue mais trabalhar sem este tipo de evento”, afirma.

G1
Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com