Estado

Aluno da rede estadual representa Rondônia em Brasília no Projeto Jovem Senador

terça-feira, 29 de novembro de 2016

O Projeto Jovem Senador /2016, iniciado nessa segunda-feira (28) no Senado, reúne em Brasília 27 jovens vencedores do concurso em todos os Estados e Distrito Federal. Eles concorreram com uma redação sobre o tema “Esporte Educação e Inclusão” passando por três etapas: escolar, estadual e nacional. Rondônia está sendo representado pelo aluno Leonardo Silva Brito, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Carlos Drummond de Andrade, de Presidente Médici.

O projeto Jovem Senador tem como objetivo estimular, nos estudantes do Ensino Médio, com idade até 19 anos e regularmente matriculados nas escolas públicas dos estados e do Distrito Federal, a reflexão sobre política, democracia e exercício da cidadania.

Leonardo Silva Brito e os demais jovens tomaram posse como Jovens Senadores nesta terça-feira (29) em sessão no Plenário do Senado, onde durante toda a semana participarão de uma intensa jornada de atividades.

Cada aluno, antes de viajar a Brasília, enviou uma intenção legislativa que foi analisada por uma equipe de consultores legislativos, avaliando-as quanto à viabilidade e os aspectos constitucional, jurídico e de mérito. Os jovens senadores trabalharão com as ideias consideradas viáveis e mais oportunas na elaboração de proposições legislativas, apresentadas em reuniões que simulam os trabalhos do Senado, em comissões temáticas e sessões plenárias. Após a apreciação nas comissões temáticas, as proposições legislativas serão discutidas e votadas em sessão plenária do Senado Jovem, na próxima sexta-feira (02).

As propostas aprovadas pelos jovens senadores serão encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado como sugestões legislativas e poderão ser acatadas pela CDH. Neste caso, serão distribuídas aos senadores da comissão para relatoria. Se aprovadas, tramitarão no Congresso Nacional.

Os 27 alunos finalistas receberão um microcomputador portátil, um certificado de classificação no concurso e uma medalha. Todas as despesas são custeadas pelo Senado.

 

Texto: Maria do Carmo L. França

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com