Futebol

“Não vamos secar o Genus”, garante Mamede após liderança do estadual

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Não foi o melhor começo de noite para o Rondoniense. O time viu no primeiro tempo a zebra desfilar em campo quando terminou os primeiros 45 minutos perdendo para o Rolim de Moura. Recuperando o passo no segundo tempo, o grupo conseguiu melhorar seu posicionamento e virar o placar para 2 a 1. O sufoco virou alívio e a vitória, apesar dos erros, deixou o clube estreante bem próximo do objetivo da final e da vaga para a Série D.

O time veloz, de bolas rápidas e triangulações não foi encontrado em campo no primeiro tempo. Perdido, o Rondoniense viu o Rolim de Moura fazer um ótimo contra ataque e sair de campo com a vantagem mínima no placar após um erro de posicionamento. O jogo ficou lento para o time que tem como marca o ritmo forte em suas partidas.

Erros de posicionamento, falta de concentração, tentativas de decidir as jogadas de forma individual e muitos outros deram o tom do que foi a receita para o time de Ariel Mamede ficar irreconhecível em campo. Uma conversa no intervalo, uma pausa para se encontrar foi o suficiente para que o time retomasse o caminho do gol.

- Tínhamos de mudar a nossa postura. No primeiro tempo começamos a jogar de uma maneira que não era nossa característica. Tivemos muita dificuldade. O segundo tempo, nos enxergamos no jogo e voltamos a ser agressivo, rápido, intenso com mais compactação e aproximação – analisou o técnico.

Ao longo da semana o trabalho de posicionamento foi árduo, mas como diz o ditado, “jogo é jogo e treino é treino”. Na prática, pouco foi visto e para completar, do outro lado em baixo da trave do Rolim de Moura, a excelente atuação do goleiro Juan impediu que o Rondoniense reagisse.

Rondoniense x Rolim de Moura (Foto: Emanuele Madeira/GloboEsporte.com)Rondoniense x Rolim de Moura (Foto: Emanuele Madeira)

Desencontrado, o time teve de comemorar as chances não concluídas em gol do Rolim de Moura. Melhor no segundo tempo, veio a virada no placar com dois gols providenciais de Marco Aurélio, o suficiente para que o Periquito fizesse seu ninho, mesmo que momentâneo, na primeira colocação do estadual. O time aguarda a conclusão da sexta rodada com a partida desse domingo entre Genus, que pode reassumir a liderança, e Ariquemes.

Na sétima rodada, o time busca a vaga na final do estadual, e consequentemente a vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro, diante do Morumbi, jogando em casa no Aluizão, no sábado, às 16h.

- De qualquer maneira o jogo contra o Morumbi se torna decisivo porque nós não vamos ficar secando o Genus ou o Real, dependemos só de nós. Vamos buscar corrigir os erros essa semana para buscar a vitória -finalizou Mamede.

 

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual sua opinião sobre a PEC 241, que limita os gastos do Governo Federal ?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com