Take a fresh look at your lifestyle.

Dica de leitura: A sutil arte de ligar o f*da-se

O Rondônia Digital traz agora aos finais de semana, sempre uma dica interessante para sua leitura.

O Rondônia Digital traz agora aos finais de semana, sempre uma dica interessante para sua leitura.

Há grandes apostas das editoras em 2018, com  edições revitalizadas e histórias que ganharam as telonas. Confira a nossa dica para este final de semana.

 

FICHA TÉCNICA
Título: A sutil arte de ligar o f*da-se
Autor: Mark Manson
Ano: 2017
Páginas: 224
Idioma: Português
Editora: Intrínseca

A sutil arte de ligar o f*da-se é um livro que já começa logo de cara quebrando algumas ideias do que um título de autoajuda geralmente promete. Mark deixa claro que não irá propor soluções mágicas, que não irá incentivar o leitor a ser extraordinário ou nenhum dos clichês habituais típicos de livros do gênero.
Mark Manson nos pega pela mão, nos empurra contra a parede e joga verdades na nossa cara no melhor estilo melhor amigo sincero. Com uma linguagem extremamente informal, sem se preocupar com palavrões bem necessários e exemplos extremamente reais, Mark conversa da forma mais franca possível, compartilhando experiências extremamente humanas e muito fácies de se identificar. Não é um livro que te dará respostas divinas e te mostrará o caminho para o futuro. Como Mark mesmo diz, esse livro vai ajudar você a pensar um pouco mais claramente sobre o que elege como importante na sua vida e o que considera insignificante.
Não é um livro que ensina a não sofrer, a ser eternamente feliz, como muitos outros tentam quase que incessantemente. Muito pelo contrário. Mark Manson afirma a todo momento que a dor é importante, é necessário senti-la e em seu livro ele ensina a usar essa dor pra amadurecer, ele ensina a sofrer e explica como não tem nada errado em não ser como a maioria. O que todos deveríamos aprender. Ele coloca o sofrimento como motivador da busca por mudança intrínseca do ser humano.

 

Comentários
Carregando...