Destaque

Obras no Hospital de Base seguem em ritmo acelerado

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

As obras de ampliação do Hospital de Base Ary Pinheiro (HBAP), em Porto Velho, construídas com recursos da compensação social das usinas hidrelétricas do Rio Madeira estão sendo concluídas gradativamente. Entre as obras de construção e ampliações já foram entregues um auditório com capacidade para cem pessoas, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que tem como capacidade o processamento de 400 mil litros de resíduos de esgotos ao dia; cozinha e um refeitório para 200 lugares, salas de aula; central de materiais e esterilização; o estacionamento externo; o piso de acesso do corredor principal até o setor de psiquiatria. As obras de reforma da psiquiatria, com 40 leitos, também já estão concluídas.

O arquiteto urbanista, Gustavo Godoy, do Deosp, é responsável pelo grupo de fiscalização das obras de compensação social da área de Saúde. Ele informou que no Hospital de Base há um total de 20 vinte obras, a cargo da empresa Santo Antonio Energia.

De acordo com o diretor geral do Departamento de Obras e Serviços Públicos – Deosp, Abelardo Castro, até o final do mês de fevereiro devem ser finalizadas a ampliação do almoxarifado e os corredores internos. “No mês de março a expectativa é de finalizar as obras do estacionamento interno, a lavanderia e a parte de resíduos hospitalares”, assegurou o diretor.

Hospital Infantil e UTI Neonatal

Conforme o diretor, as obras de ampliação do Hospital de Base e a construção do novo hospital infantil, receberam recursos na ordem de 32 milhões e seguem em ritmo acelerado. Segundo ele, a unidade pode ser entregue ainda neste ano à população. “O período chuvoso e a dificuldade em contratar operários são os grandes vilões para a continuidade da obras e isso é em todo lugar”, salientou Abelardo.

O novo Hospital Infantil foi construído na área externa do HB conta com maior capacidade para internações, são dois andares com 80 leitos. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para recém-nascidos, que também está em fase de acabamento, conta com 28 leitos e salas para o serviço de apoio. A entrada é independente do HB e possui estacionamento próprio. “É um ambiente projetado e construído de acordo com as exigências hospitalares visando o melhor atendimento às nossas crianças. A expectativa do governador Confúcio Moura, é que essas obras sejam concluídas ainda no segundo semestre deste ano”, frizou.

A estimativa dos engenheiros e técnicos do Deosp, é que devem ser inauguradas também no segundo semestre deste ano, a construção da enfermaria com capacidade para 60 leitos; o setor de oncologia, com radioterapia e quimioterapia; o alojamento médico; a rede de gases medicinais e a climatização. ”O HB é o maior hospital da Região Norte, e com o crescimento vertiginoso e acelerado que a Capital experimenta hoje, o número de atendimentos triplicou. É preocupação do Governador Confúcio, a melhora e a agilidade nos serviços prestados à população do Estado”, finalizou.

Fonte: Decom

Publicidade
Publicidade

Enquete

Quem merece ganhar o 2º turno das eleições em Rondônia?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com