CORONAVÍRUS: Prefeitura apresenta balanço dos atendimentos pelo Call Center

Serviço inovador visa manter as pessoas em isolamento social para evitar aglomerações e contaminações pelo novo coronavírus

A Prefeitura de Porto Velho divulgou novos dados sobre o quantitativo de atendimentos realizados pelo Call Center, sistema implantado pelo Município para dar atenção, com maior agilidade, as pessoas que apresentam sintomas do novo coronavírus.

Vinculado ao trabalho do Call Center, já que é a mesma equipe médica que presta os atendimentos, a Prefeitura lançou o aplicativo “Atende em Casa”, visando fortalecer o isolamento social, evitar aglomerações nas Unidades de Saúde e, consequentemente, a propagação do vírus.

Para se ter uma ideia da importância e da utilidade do Call Center nesse momento de pandemia, somente na segunda-feira (15), foram atendidos 1.335 pacientes, sendo que desse total, 755 foram consultados e 580 abandonaram a ligação após dois minutos de espera.

Dentre os consultados, 210 foram encaminhados para o Centro de Especialidades Médicas (CEM), 52 para Unidades de Pronto Atendimento (UPA), 5 para Unidades Básica de Saúde (UBS), 17 para a Policlínica Manoel Amorim de Matos e 45 receberam orientações. Além disso, 17 pessoas não atenderam as ligações de retorno da equipe médica.

Aplicativo

O aplicativo “Atende em Casa” (portovelho-atendeemcasa.web.app) é mais uma alternativa que a Prefeitura disponibiliza às pessoas que desejam ser avaliadas ou orientadas com relação aos sintomas gripais, que podem ser causados pela Covid-19 ou por vírus influenza.

Feita a classificação de risco do paciente pelo aplicativo, caso seja necessário, é realizada vídeo chamada (teleorientação) com médico ou enfermeiro. Dependendo do resultado da avaliação inicial, a pessoa poderá ser encaminhada para um atendimento mais adequado.

Fonte:Comdecom