Take a fresh look at your lifestyle.

Consumidores devem ficar atentos as cobranças por excedentes emitidas pelas operadoras

Antes de contratar o plano, o consumidor deve avaliar as regras e vantagens oferecidas

A lista é extensa: adicional de internet, franquia, ligações adicionais para celular, interurbanos e demais serviços costumam ser embutidos na fatura pelas operadoras de telefonia móvel e em muitos casos pagos pelos consumidores a longo tempo sem mesmo perceber a cobrança por excedentes.

Esta ação indevida das operadoras é motivo de muitas reclamações na Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) e que respondem por 40 a 50% das queixas que chegam à agência.

De acordo com Kariny Matias, coordenadora do CDL Celular, plano de telefonia disponibilizado aos associados pela CDL de Ji-Paraná, essas cobranças são de todos os tipos: desde um serviço que foi contratado e não fornecido, a contas que chegam após o cancelamento, passando por valores tarifados em dobro. “As operadoras falham muito nas informações que prestam aos consumidores, não só na fatura, por isso é importante o cliente ficar atento ao que utiliza e ao que paga”, destacou Kariny.

Segundo Kariny, antes do cliente contratar um plano é preciso conhecer todas as regras e vantagens sobre o mesmo para não ter dor de cabeça como é o caso do plano ofertado pela CDL de Ji-Paraná via parceria com a Tempo Telecom que oferece dentre os benefícios facilidades na contestação da fatura. “Nós temos um setor específico para auditar as faturas e repassá-las aos usuários do plano sem cobranças indevidas. É importante lembrar também que não há burocracia para solicitar o serviço” frisou.

Kariny acrescentou também que em média, cerca de 25% por cento no valor final das faturas são reduzidas e que antes de serem enviadas para as entidades, as faturas são todas auditadas, garantido assim segurança ao associado.

Comentários
Carregando...