Take a fresh look at your lifestyle.

Confúcio Moura diz que apoiará reformas e foco do mandato será educação

Confúcio disse ainda que apoiará todas as reformas “que o Brasil precisa”, principalmente as reformas previdenciária, tributária e política.

Edilson Rodrigues/Agência Senado
Estreante no Senado Federal, o ex-governador de Rondônia Confúcio Moura (MDB) foi eleito senador com 230.361 votos, 17,06% dos votos válidos. Seu foco principal durante o mandato será a educação.

— Minha vida no Senado, meu motivo maior de ser senador será trabalhar a educação. Educação é meu norte verdadeiro — disse.

O senador eleito adiantou que pretende participar das Comissões de Educação, Cultura e Esporte (CE) e de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

Confúcio disse ainda que apoiará todas as reformas “que o Brasil precisa”, principalmente as reformas previdenciária, tributária e política. Declarou também que apoiará o “enxugamento do Estado” e as políticas de desestatização e de desburocratização.

— São temas nacionais, temas importantes que realmente o Brasil precisa fazer para poder começar a se organizar e se disciplinar para crescimento e estabilidade. A reforma da previdência é a mais urgente e necessária — avaliou.

Confúcio acrescentou que trabalhará por temas mais específicos do estado de Rondônia, como regularização fundiária, diminuição da violência no campo e controle de fronteiras.

Confúcio Aires Moura é natural de Dianópolis (TO) e tem 70 anos. É médico por formação e já foi professor e sargento da Polícia Militar de Goiás, instituição que trabalhou de 1967 a 1976. Iniciou sua vida política em Rondônia nos anos 80, quando ocupou cargo de Secretário de Saúde. Em 1983, fundou o diretório do PMDB em Ariquemes (RO), que presidiu de 1983 a 1985 e de 1990 a 1994.

Ocupou o cargo de secretário de Saúde de Rondônia entre 1987 e 1988. Foi eleito deputado federal três vezes seguidas (1994, 1998, 2002). Em 2004, venceu as eleições para a prefeitura de Ariquemes, sendo reeleito em 2008. Chegou ao governo do estado em 2010, e se reelegeu em 2014. Confúcio deixou o cargo em abril para concorrer ao Senado.

A primeira suplente do senador é Maria Eliza (MDB). Completa a chapa o segundo suplente Carlos Milton Morais (MDB).

Comentários
Carregando...