Alta Floresta, Capa

Menino de 6 anos morto após salvar irmã de estupro é enterrado em RO

sexta-feira, 24 de julho de 2015

O corpo de Deivyd Soares dos Santos, de 6 anos, assassinado após salvar a irmã de 8 anos de um estupro, foi enterrado nesta quinta-feira (23) no Cemitério Municipal de Alta Floresta do Oeste(RO). O menino foi morto na noite de terça-feira (21) em Candeias do Jamari (RO). “Sempre iremos lembrar dele como um verdadeiro herói”, disse Maria Aparecida Soares, tia da criança, durante o sepultamento.

nconsoláveis, poucos familiares quiseram falar sobre o crime. Segundo a tia de Deivyd, o menino era doce e amoroso com todos que se aproximavam dele. “Não dá de acreditar no que aconteceu com o meu sobrinho. Ele era apenas uma criança que ficou assustada ao ver a irmã sendo agredida e pedindo ajuda. Ele morreu para proteger a irmã”, diz a tia ainda emocionada.

Maria Aparecida diz que a morte do sobrinho não foi em vão, pois ele conseguiu evitar que a irmã fosse violentada. “A minha sobrinha passou por exames médicos e ficou constatado que o estupro não chegou a ser realizado. Sempre iremos lembrar dele como um verdadeiro herói”, comenta a tia.

De acordo com o irmão mais velho das crianças Diego Vieira Farias Santos, a mãe não irá retornar para a Vila de Samuel, comunidade onde ocorreu o crime. “A minha mãe disse que não quer voltar para lá. Agora o que eu posso fazer é ficar perto dela e esperar que todo esse pesadelo acabe. Meu irmão é um anjo e não tem explicação para o que aconteceu com ele”, afirma Diego.

Os familiares informaram que o corpo da criança foi levado para Alta Floresta, pois o pai e a maioria dos parentes do menino moram na região.

Quarto onde suspeito teria estuprado menina e matado criança em Candeias (Foto: Ísis Capistrano/G1)Quarto onde crime ocorreu em Candeias do Jamari
(Foto: Ísis Capistrano/G1)

O crime
Um homem de 33 anos morreu ao ser espancado até a morte por cerca de 300 moradores da Vila de Samuel (RO), a 50 quilômetros de Porto Velho, ele foi retirado de uma viatura da Polícia Militar após ser preso por homicídio e tentativa de estupro.

De acordo com o boletim de ocorrência, no final da tarde de terça, o suspeito chegou à casa da menina, a aproximadamente 30 quilômetros da vila, e ofereceu R$ 10,00 para que ela tivesse relações sexuais com ele. A criança negou e, quando entrou em um dos quartos da residência, foi atacada pelo homem, que a jogou na cama e começou a despi-la. A vítima gritou e o irmão dela entrou no cômodo, tentando defendê-la.

O suspeito pegou um pedaço de madeira e feriu a cabeça do menino, depois desferiu um golpe de faca no peito do garoto.

Publicidade
Publicidade

Enquete

Qual a sua opinião sobre o porte de armas de fogo?

Ver resultados

Loading ... Loading ...

Populares do mês

Publicidade

Fale com o Rondônia digital

para rondodigital@gmail.com