Take a fresh look at your lifestyle.

Ademilson Procópio fala sobre falta de coleta de lixo de Ji-Paraná

A falta de coleta de lixo no município de Ji-Paraná foi um dos temas abordados pelo vereador Ademilson Procópio (PTB) na 35ª Sessão Ordinária, que aconteceu na última terça-feira (30). ”Recentemente foi aprovado um requerimento, de minha autoria, convidando a direção da empresa coletora de lixo, Coolpeza Serviços para dar explicações sobre a não coleta em todos os bairros, mas até agora nenhum representante compareceu na Câmara”, afirmou o vereador.

A população tem reivindicado diariamente a regularização na coleta de lixo e muitos moradores tem reclamado que as poucas vezes que o caminhão passa deixa sujeira nas ruas. “O caminhão demorou para recolher o lixo e quando passou deixou sujeiras por todas as ruas do bairro”, reafirmou uma moradora do bairro Açaí.

O vereador disse que a situação está cada vez mais complicada e quando anda nos bairros encontra as lixeiras cheias, com lixos de até seis dias e com varejeiras. “Queremos uma explicação da empresa para saber porque a coleta não está sendo feita devidamente e a causa de derrubarem lixos pelas ruas”, disse.

Nesta semana, segundo o vereador, a direção da empresa encaminhou uma apostila para o gabinete dele informando que o contrato que fizeram em 2015 era para atender 42 bairros e que atualmente aumentaram o número de bairros no município, e “a empresa vem prestando serviços ao município pelo mesmo valor de contrato, sem receber os devidos reajuste o que impede o investimento em caminhões e colaboradores para urna melhor e eficiente coleta”.

“Vamos verificar com o prefeito Marcito Pinto o que pode ser feito para que todos os bairros sejam atendidos e solicitar melhorias em algumas ruas, pois a empresa alega que em determinados locais não tem como os caminhões passarem”, comentou Procópio.

Um dos bairros mais afetados é o Parque Amazonas. “Todas as ruas deste bairro são bloqueteadas e toda semana tem reclamações dos moradores da falta de coleta de lixo. Vamos nos unir e resolver este problema, pois é inadmissível que a segunda maior cidade do estado passe por esta situação”, afirmou o vereador, reforçando o convite para a direção da empresa comparecer na próxima Sessão Ordinária, que acontecerá na terça-feira (6).

Comentários
Carregando...