Acijip e CDL empenham apoio a Affonso Cândido

A Câmara de Dirigentes Lojistas e a Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip) reuniram empresários de diversos segmentos do município com o Prefeito de Ji-Paraná, Affonso Cândido (DEM), oportunidade em que as duas entidades hipotecaram apoio incondicional à atual gestão administrativa que está à frente da prefeitura municipal desde ontem (28). Também participou da reunião a deputada federal, Silvia Cristina, que reafirmou o seu compromisso com a cidade e com o atual prefeito, Affonso Cândido.

Os empresários ressaltaram a coragem e determinação de Affonso diante a árdua missão de gerir o município em um momento politicamente tão delicado e difícil. Hugo Araújo, presidente da Acijip, informou que a classe empresarial está unida em prol do município e que tem convicção de que o novo gestor trabalhará em consonância aos anseios da sociedade e para o desenvolvimento do município. 

Já André Moreira, presidente da CDL, também demonstrou confiança e o desejo por uma gestão técnica e equilibrada. “Affonso tem nosso apoio. Vem de uma família de pioneiros da cidade e sempre esteve empenhado junto à classe empresarial buscando o melhor para nossa cidade. Possui competência gerencial e administrativa e saberá conduzir a prefeitura”, afirmou André. 

Uma das preocupações colocada pelos empresários ao Prefeito é relacionada às ações estratégicas da prefeitura quanto à saúde pública municipal, especialmente quanto à implantação dos leitos de UTIs no Hospital Municipal. Ji-Paraná, devido aos índices de contágio por Covid-19, vive o receio constante de ter o comércio fechado por falta de leitos de UTI. 

Affonso agradeceu o apoio recebido e expôs aos empresários que pretende realizar uma gestão participativa com diversos segmentos da sociedade, e expôs às duas entidades o desejo de ter a Acijip e CDL com voz ativa dentro da administração pública, com propostas e ações em conjunto com a Prefeitura. 

Quanto as questões relacionadas a Saúde, o prefeito informou que realizou na noite de ontem (28) uma visita ao Hospital Municipal, onde de imediato determinou a reforma e aclimatização da ala de geriatria e intencionou o Centro de Terapia Intensiva, onde estão sendo instalados os leitos de UTI.  Affonso garantiu que a implantação dos 10 leitos de UTIs é a maior prioridade de sua gestão e informou que a previsão é que, em até 15 dias ao menos, sete leitos já estejam funcionando. 

Affonso assumiu a prefeitura, após Marcito Pinto (PDT) ter sido preso em operação da Polícia Federal, acusado de desvio de verbas públicas e por determinação da justiça teve o mandato suspenso por 120 dias.