Take a fresh look at your lifestyle.

Pessoas de baixa renda tem atendimento jurídico gratuito no Escritório Modelo da Unesc

Pessoas de baixa renda tem atendimento jurídico gratuito no Escritório Modelo da Unesc

Uma parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Rondônia e Subseção de Cacoal, o Escritório Modelo de Assistência Jurídica da Unesc tem proporcionado acesso à justiça para pessoas de baixa renda de Cacoal e Ministro Andreazza.

O Emaj é o Núcleo de Prática Jurídica da Unesc, vinculado ao curso de Direito, que presta atendimento jurídico na área de Direito Cível. O atendimento é prestado pelos acadêmicos do curso de Direito da instituição, orientados por advogados/professores do Emaj da Unesc.

“O Escritório Modelo é de extrema importância. Para os acadêmicos, pois possibilita o contato direto com os clientes, permitindo que eles apliquem a teoria aprendida em sala, elaborando petições e acompanhando processos, e para a comunidade, que é assistida de forma gratuita pelos acadêmicos, com todo o suporte dos professores”, explica o advogado e professor da Unesc, Esp. Thiago Caron Fachetti.

Conforme explicou o professor, para ser atendida pelo Emaj, a pessoa precisa ter renda familiar de até três salários mínimos e precisa ser residente na Comarca de Cacoal, que abrange os municípios de Cacoal e Ministro Andreazza.

O Escritório Modelo de Assistência Jurídica da Unesc oferece atendimento de segunda à sexta-feira, das 13h às 17h. “Os principais casos atendidos pelo Emaj da Unesc estão relacionados aos processos de Direito Civil e de Família, ação de alimentos, guarda, divórcio, ação de execução de alimentos, entre outros”, destacou Fachetti.

Para os estudantes do curso, o Emaj é uma grande chance de por em prática todo o conhecimento adquirido “O Escritório Modelo ajuda os alunos de diversas formas. É uma ferramenta extra para que a gente aprenda, a colocar em prática, o que nos é passado através da teoria em sala de aula. Além disso, saber que antes mesmo de formados a gente já pode fazer a diferença na vida das pessoas é extremamente gratificante”, enfatiza Welton Alisson Viana, acadêmico do 7º período de Direito da Unesc.

(Giliane Perin – Assessoria de Imprensa/Unesc)

Comentários
Carregando...